Arquivo da categoria: É de foder pelado e sem vaselina

Rage

É impressionante o fato de que quanto mais se sabe sobre a vida e os tombos que se pode levar durante sua mini odisséia, você tem a incrível capacidade de cometer um erro, aprender com ele e anos depois cair na mesma casca de banana.

Certa vez em certa epoca, de uma certa parte da minha vida, eu aprendi que eu era tolo demais e que as pessoas usavam a “bondade” de querer ajudar o próximo como pequenas escadas para subir no que precisavam subir, claro que o pisoteado era sempre eu que no final, ficava com o coração partido e as costas doloridas.

 

Então eu aprendi a não ser mais assim, no entanto, após alguns anos…o que me acontece?

Novamente estou eu curvado servindo de mula de carga para pessoas que se dizem “amigos”.

Não vou falar a respeito, só decidi vomitar minhas velhas palavras no blog para ver se passa a raiva momentânea.

 

A palavra amizade perdeu seu valor, caráter deixou de ser algo a ser zelado e passou a ser algo a ser mentido, ajudar deixou de ser necessário porque no final, todos só se importam com o próprio umbigo.

 

Eu sempre dei o melhor de mim, e só o recebi foi o pior de cada migalha. Se não se pode contar com determinados “amigos e amigas” então para que te-lo (a) s…

Só sei que a vida muda, uma hora a vida muda.

 

Abraços,

 

Piada boa bagarai / 18+

TAXI x AVIÃO. Amigos, ainda estou dando risada, mas o motorista do taxi teve razão…

Não me responsabilizo por menores de 18 anos que consequentemente venham a ficar de castigo por contarem tal piada a seus pais.

 

Aviso:

Conteúdo imoral, ilegal, adulto, pornografico. E-mail recebido do Renan Milani…

Continue lendo

Trágico, porém cômico

 

Eis que lhes apresento hoje um fato que dentro de sua narrativa pode dependendo da perspectiva parecer um conto de fadas ou não, simplesmente uma história de pescador.

Acredite quem desejar.

 

A historia à seguir foi alterada para manter a privacidade das pessoas envolvidas.

 

Poucas horas da tarde de hoje recebo um telefone de uma ilustre e querida pessoa da qual tenho um contato constante, antes de narrar tal sequencia vamos recordar algo não recordado antes.

Moro em SP, tal pessoa também e tal pessoa que chamaremos a seguir de Sofia possui entre seus bens uma chácara no interior.

Sofia tem uma irmã, chamada aqui por nós de Estela. Estela costumava sair com pessoas de indole desconfiável, mesmo que com sabedoria Estela era dona de seu nariz.

Meses depois, o que me remete as poucas horas da tarde de hoje durante uma pausa para o cigarro em meu trabalho meu telefone toca ao som de Inferno do Simphony X…ancioso como sempre para atender o telefone Sofia me liga e me conta uma trágica história cômica.

 

Sua chacara do interiro haveria de ser roubada durante os dias que se sucederam anteriormente ao telefonema, porque estou complicando a leitura e cometendo vários assassinatos gramaticais? Para fazer graça e tirar o foco de tal mensagem para que possa parecer menos “mentirosa” assim por dizer-se-a.

 

A principio não sabiamos o que exatamente havia de ser roubado por tal pessoas de indole duvidosa. Depois no final da tarde praticamente noite houve-se no fundo ecoar o veredicto.

 

Haviam feito a limpa.

 

Mas afinal o que de cômico tem isto? Nada, pode acontecer com qualquer um, assim bem como ir para o trabalho e ser roubado na rua. Nos dias de hoje com tanta falta de escrúpulos “meio” que acostumamos a conviver com tais situações calamitosas tornando-as um conto de fadas e ainda tirando vantagem disso.

 

“Ontem fui assaltado por um cara com uma .40″

“- Menina, sabe que me assaltaram com uma AK-47?”

 

Parece que virou competição, mas a parte cômica da história me remete a uma antiga frase que creio eu em meus neurônios tratar-se-a do Paulo Maluf…

 

Estupra mais não mata…

O que aqui revertermos para Estupra mais não goza na cara…

 

 

Pois bem, um bilhete, é o que me faz vir até um blog morto, abandonado ao relento falar tal tragédia…um simples pedacinho de papel com poucas ou muitas palavras escritas nele.

 

Dizia entre suas linhas as quais ainda não temos ciencia do que se trata por completo o seguinte…

 

“Cara Estela, Estela gostosa…

Além de conhecermos você, de termos intimidade a ponto de lhe chamar de “Peitão”, viemos acabar de foder com a sua humilde residência do campo….”

O restante do bilhete, claramente que não escrito com tais palavras e em tal argumentação, afinal foi apenas um roubo de galinha no interior, apenas mostrava tal sentido narrado tristemente acima.

 

Ainda não o vi, mas tenho curiosidade, não sou nenhum professor de português, muito pelo contrário, poderão encontrar mais erros em minhas frases do que em uma sala de aula da quinta série, no entanto, eu não escrevo “nóis vai”…o que aposto meu tobá nesta mesa que eu encontrei similaridades com tal pronuncia niandertal.

 

 

Enfim, não há muito o que ser dito, apenas que além de te roubar ainda te insultam e fazem graça, culpa de quem?

Nossa mesmo.

 

 

 

Trágico, porém cômico…

 

Minha real vontade neste exato momento é de encontrar tal delinquente e meter o pé no cú dele até virar do avesso pela boca e claramente que após tal ato de brutalidade e violência involuntária deixar-lhe um bilhetinha “esporrado”.

 

“Caro Senhor.

Peço desculpas pela violência atribuita a seu filho.

Tal ato foi dado devido há um pequeno ato falho consumado por tal pessoa, onde a mesma encontra-se em posse dos bens roubados de uma residência minha.

Não peço para que seja feita a justiça, porque mesmo que tarde e não falhe, nada resolverá. Não peço que me devolva nada, alias, nada peço.

Apenas narro nestas palavras a minha indignação, não pelo roubo e sim pelo maldito bilhetinho dos infernos.

 

Atenciosamente,

Violentador da integridade masculina de seu filho.”

 

Tal carta deverá ser endereçada ao progenitor deste pequeno filho duma puta.

Com todo o devido respeito a puta ou não.

 

 

Abraços,

:cookie:

As piores leis do mundo

Os Estados Unidos com seu sistema federativo é recordista em normas absurdas. Conheça as leis mais absurdas do mundo.

Há leis ridículas espalhadas pelas constituições e pelos códigos de países do mundo inteiro. Algumas delas são relíquias caducas que perderam o sentido há séculos mas ninguém lembrou de revogar. Outras são excentricidades de algum parlamentar esquisito que foram aprovadas sabe Deus como. Os Estados Unidos, com seu sistema federativo no qual os Estados e até os municípios têm bastante autonomia para fazer legislações próprias, é recordista absoluto em normas absurdas. Mas nenhum país do mundo escapa, nem mesmo a racional França, país que leva o Direito e os direitos muito a sério. Claro que o Brasil não seria exceção. Com vocês, as leis mais idiotas do mundo.

Obrigatório e proibido

A cidade de Miami, na Flórida, Estados Unidos, não sabe o que fazer com suas buzinas. Uma norma de 1967 estabelece que “nenhuma pessoa deve operar uma bicicleta que não esteja equipada com um sino ou equipamento capaz de produzir um sinal audível a pelo menos 100 pés (30 metros) de distância”. Outra lei, de 1980, proíbe os ciclistas de utilizar esses mesmos equipamentos de alerta sonoro. Ou seja, lá todo mundo tem que ter buzina mas ninguém pode usar.

Salve suas baleias

Uma lei do Estado americano do Tennessee determina que é proibido praticar caça esportiva sobre qualquer veículo em movimento. O regulamento faz exceção para apenas um tipo de animal: as baleias. Detalhe: o Tennessee tem um litoral tão extenso quanto o de Minas Gerais – a praia mais próxima está a 500 quilômetros.

Pornô animal

Garantir a sobrevivência dos animais não basta: é preciso também defender o seu bem-estar. Em 1980, o Estado do Wyoming proibiu que se tirem fotografias de coelhos entre janeiro e abril sem uma licença oficial. Os zelosos legisladores queriam proteger a privacidade dos bichinhos em sua época de acasalamento. Já na cidade de Pacific Grove, na Califórnia, os deputados determinaram multas de até 500 dólares para pessoas que molestarem ou ameaçarem borboletas. Alguém aí sabe como se “ameaça” uma borboleta? E em Nova Orleans, Louisiana, é ilegal amarrar um jacaré a um hidrante.

Au-autoridades

Nos anos 60, o senador estadual do Alaska Bob Ziegler apresentou uma lei que proibia que cachorros civis imitassem cachorros policiais. Ou seja, cães comuns não poderiam andar nos locais reservados aos agentes caninos nem comer a mesma comida. Caso fosse aprovada, a lei poderia restringir até mesmo o direito de morder bandidos.

Vou roubar você amanhã

Para diminuir a violência crescente em seu território, o Estado de Washington formulou uma lei que obriga motoristas com intenções criminais a pararem nos limites da cidade, ligarem para o chefe de polícia e avisarem que estão chegando. O Estado do Texas foi ainda mais longe. Segundo uma lei feita pelo deputado Jim Kaster, os candidatos a criminosos precisam notificar suas futuras vítimas do crime que irão cometer com 24 horas de antecedência. O comunicado deve também informar à vítima que, em algumas circunstâncias, é permitido o uso de armas letais para se defender. Não há registro de nenhum criminoso que tenha seguido essa lei.

É proibido morrer

Em setembro de 1999, Jose Rubio, prefeito de Lanjaron, Espanha, proibiu a morte em seu município. O cemitério da cidade estava lotado e, enquanto a prefeitura procurava um terreno para construir outro, os 4 000 habitantes deveriam cuidar da saúde para não falecer. Os infratores teriam que responder por seus atos. Soa bizarro para nós brasileiros, mas, pasme, a idéia é familiar para os franceses. O prefeito de Le Lavandou, no sul da França, formulou uma lei idêntica depois que a assembléia vetou a construção de um novo local de descanso para os mortos.

E falam do Taleban

O Estado americano da Virgínia faz jus ao nome. Além de proibir por lei o sexo anal e o sexo oral – medidas que tornam o homossexualismo virtualmente ilegal -, a legislação veta qualquer outra posição sexual que não seja o “papai-e-mamãe”. Também é proibido fazer cócegas em mulheres.

Vai entender…

A Suprema Corte de Apelações da França inventou neste ano o “direito de não nascer”. Ele estabelece que uma pessoa nascida com uma deficiência grave tem o direito de ser recompensada caso sua mãe não tenha tido a chance de abortar. A regra é válida mesmo quando se considera que, caso não houvesse infração, a vítima nunca teria existido. Muitas associações de deficientes se revoltaram contra a decisão.

E os pontos na carteira?

O município de Chico, na Califórnia, formulou uma lei que determinava uma multa de 500 dólares para quem explodisse uma bomba nuclear em seu território. A medida, feita para conter o terrorismo, esqueceu de especificar quem sobraria para cobrar o dinheiro do infrator.

O proprietário pode

Em meados da década de 90, a dona de um restaurante no interior da França foi acusada de assédio sexual por dez empregados da sua cozinha. No tribunal, ela alegou que estava protegida por uma norma – datada da Idade Média – que autorizava os proprietários de terra a seduzir quem trabalhasse em seu terreno. Os juízes, depois de se assegurarem que a lei medieval jamais fora revogada, tiveram que inocentar a gulosa restaurantrice.

Leis de outro mundo

A cidade de Chateauneuf-du-Pape, França, famosa por seus vinhos, proibiu, em 1954, que discos voadores pousassem sobre suas vinícolas. Só sobre as vinícolas! Caso isso acontecesse, o “veículo” deveria ser imediatamente recolhido para um depósito. A medida, que obteve sucesso em afastar os OVNIs, foi revogada poucos anos depois. No Brasil, os alienígenas seriam mais bem-vindos. O munícipio de Barra do Garças, no Mato Grosso, criou, em 1995, uma área de 5 hectares destinada ao pouso de objetos voadores não-identificados.

 

Fonte: SUPERINTERESSANTE

 

É isso ai…

Abraços,

Visão microscópica

Já pensou em como seria um ácaro? Que tal algumas hemácias? Pois bem.

 

 

Abraços,

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.